Lista de Ranking dos carros menos poluentes

O Ministério do Meio ambiente divulgou hoje (01 de dezembro de 2009) a nova versão da Nota Verde, que classifica os carros de passeio que circulam no País, fabricados em 2009, de acordo com suas emissões de CO2 e outros poluentes – substâncias que favorecem o aquecimento global e afetam a saúde humana.

Apenas 10 modelos de carro tiveram 5 estrelas – nota máxima na classificação. A lista reúne 400 modelos de veículos trazendo informações como o monóxido de carbono (CO), hidrocarbonetos (NMHC) e óxidos de nitrogênio (NOX) – e dos gases relacionados ao efeito estufa, como o dióxido de carbono (CO2).

“Esse ranking lembra muito o selo que informa os produtos da linha branca, como geladeiras e ar condicionados, que consomem menos energia e emitem menos CO2”, explicou o ministro, Carlos Minc, durante a apresentação da lista e dos novos critérios utilizados.

Os seis primeiros modelos são motores 1.8 8v, deixando muitos carros 1.0 para trás. A lista divulga também os mais poluidores.

Veja os resultados abaixo dos 10 primeiros carros que emitem menos poluentes :

1º Idea Adventure Dualogic

2º Palio ELX Flex

3º Siena HLX Flex

4º Stilo Flex Dualogic

5º Stilo Blackmotion

6º Stilo Sporting Dualogic

7º Ford Ka Flex

8º Prisma MAXX

9º Celta Life

10º Celta Spirit

Veja agora a lista dos 10 mais poluidores!

Jetta Variant

Jetta

Peugeot 407

Citroën XSara Picasso

Citroën C4

Citroën Berlingo

Pajero

Fonte: Ministério do Meio Ambiente, G1 e Terra.

Carlos Minc incentiva substituição de sacolas plásticas

Ministro Minc e Presidencia do Wal-Mart

Ministro Minc e presidencia do Wal-Mart divulgando o uso de sacolas ecológicas com a campanha "Saco é um saco".

“Saco é um saco. Para nós, para a cidade, para o planeta e para o futuro”. Esse é o slogan da campanha nacional do Ministério do Meio Ambiente lançada, nesta terça-feira (23), pelo ministro Carlos Minc, em São Paulo, com apoio da rede de supermercados Wal-Mart. A iniciativa pretende conscientizar o cidadão a recusar as sacolas plásticas, sempre que possível, adotando alternativas para o transporte das compras e o acondicionamento de lixo.

Hoje é um dia feliz e que todos se liguem nesse bom exemplo. Vamos reduzir o consumo de sacolas, reutilizá-las e recusá-las sempre que possível e fazer com que, brevemente, sejam como as latinhas de alumínio, permitido que a indústria do plástico possa fechar o circuito, seja com geração de energia, de outro plástico ou de compactos para construção”, enfatizou Minc durante o lançamento.

A meta da rede Wal-Mart é reduzir pela metade o uso de sacolas plásticas em suas lojas até 2013. Na prática, as lojas repassam, em seus caixas, o custo de R$ 0,03 por sacola plástica que o cliente deixa de usar. A cada cinco produtos adquiridos na rede, ele recebe o valor de uma sacola. Se comprar uma quantidade maior de itens e não usar os sacos plásticos, o desconto será calculado de modo proporcional.

Fonte:  Melissa Freitas e Agência Brasil

%d blogueiros gostam disto: