Família britânica produziu apenas uma sacola de lixo em 2010

Os Strauss e seu troféu minimalista: quase nenhum lixo - foto: zerowaste.com

Os Strauss reciclam quase tudo. Compram verduras e frutas nos mercados locais para evitar embalagens, levam seus próprios recipientes quando vão ao açougue, plantam grande parte da própria comida e transformam os restos dos alimentos em adubo. Usam painéis solares e baterias recarregáveis para gerar energia. Tanto cuidado resultou em uma façanha e tanto: uma família de três pessoas produziu apenas uma sacola de lixo durante um ano.

Na Inglaterra, uma família média produz cerca de 750 kg de lixo por ano. Os Strauss, também ingleses, não produziram sequer 1 kg.  Brinquedos quebrados, lâminas de barbear, canetas e negativos fotográficos.  Era esse o conteúdo da pequena sacola de lixo.

Há dois anos o casal Richard e Rachelle Strauss e a filha Verona, de nove anos, se propuseram a reduzir drasticamente sua produção de lixo. A ideia surgiu de Rachelle, mas o marido só se interessou quando assistiu uma reportagem sobre os danos que as embalagens plásticas causam à vida marinha.

A experiência da família pode ser acompanhada pelo site My Zero Waste que se tornou referência sobre reciclagem e tem mais de 70 mil acessos por dia.

 

E você, quantas sacolas utilizou no ano de 2010?

 

Fonte: Ecocidades

Use EcoBags

Use Pense ECO!

www.penseeco.com

Anúncios

Hotel é contruído com lixo de praia

Save the Beach Hotel

Foi inaugurado em Roma o Save the Beach Hotel, o primeiro hotel feito totalmene por 12 toneladas de lixo, todos retirados da praia romana de Capocotta. O responsável pela obra foi o design alemão H.A. Schult.

O hotel foi aberto ao público e já recebeu apoio de celebridades, como a ex-modelo dinamarquesa Helena Christensen, que concordaram em passar uma noite no hotel.

A Iniciativa faz parte do projeto Save the Beach. Veja as imagens e o vídeo da montagem do hotel.

Um site traz informações do projeto e permite que pessoas de todo o mundo se ofereçam para ficar no hotel, ou mesmo opinem sobre a campanha.

A ideia é fazer com que as pessoas deixem as praias da Europa mais limpas, caso contrário, é no meio do lixo que elas ficarão hospedadas num futuro não muito distante.

E você, se hospedaria em um hotel feito de lixo? Comente!

Fonte: G1

Use EcoBags

Use Pense ECO!

www.penseeco.com

Composteira Elétrica

Como no último post, demostramos soluçõe para o lixo doméstico. Agora vou apresentar uma composteira elétrica, que ainda não está a venda no Brasil.

Composteira automática NatureMill

Composteira automática NatureMill

A composteira elétrica é da marca NatureMill, um produto totalmente prático, que pode ser utilizado em qualquer casa ou apartamento. Seu funcionamento é bem simples, você pode colocar todo o tipo de alimento, até mesmo carne, frango, peixe, diferente das tradicionais composteiras caseiras.

Consumindo apenas 10 watts ela processa até 55kg de resíduos orgânicos por mês. Inteiramente automática e livre de odores, por conter um fluxo de ar contínuo e um filtro poderoso de carbono removendo assim todos os odores. Uma luz vermelha lhe dirá quando for necessário esvaziar a máquina, o que significa um tempo médio de 2 semanas assim o adubo estará pronto. Podendo até receber as necessidade de animais estimação.

O jeito é esperar que idéias assim cheguem ao Brasil. Ah só para informar o preço da máquina varia entre U$299,00 á U$399,00.

Prática com opção de imbutir no armário da cozinha

Prática, com opção de embutir no armário da cozinha

O que fazer com o lixo?

foto Joshua Benoliel Ruah

foto: Joshua Benoliel Ruah

Muitas das pessoas perguntam, qual a solução para o lixo que usamos? Como será o mundo sem as sacolas de plástico? Onde vamos colocar o lixo?

Primeiro passo é a REDUÇÃO. A atitude de utilizar os produtos descartáveis é extremamente negativo, pois vivemos em um mundo finito, quando utilizamos produtos que tem pequenas vidas úteis, complica todo o ciclo do meio ambiente.

O segundo passo é REUTILIZAR. Mas como reutilizar o lixo doméstico sem utilizar sacolas plásticas? Aí que está a grande novidade. O lixo seco (papel, embalagens, metal, etc) pode-se ser depositados em sacos de papel. Já o lixo orgânico podemos fazer a compostagem, que é o processo acelerado de decomposição de matérias orgânicas,  tendo como fim o adubo.

Veja o vídeo com algumas dicas para a compostagens. E no próximo post, vamos mostrar um novo sistema de compostagem do lixo doméstico para os nossos lares. Não perca!

%d blogueiros gostam disto: